Pular para o conteúdo principal

HPV: como prevenir?

O HPV, ou papilomavírus humano, é um vírus que pode causar infecções na pele e na mucosa de homens e mulheres. Existem mais de 100 tipos conhecidos deste patógeno, que se espalham pelas mais diversas partes do nosso corpo. Destes, 40 são responsáveis por infecções genitais ou anais. 

A transmissão do HPV se dá por meio do contato físico com a pele ou mucosa da pessoa infectada. Considerando que a forma mais disseminada da doença ocorre nas regiões genitais, a via mais comum é a sexual. Isso inclui todos os tipos de contatos sexuais: oral-genital, genital-genital ou mesmo manual-genital. Também pode ser transmitido pelo parto. 

Na maioria das pessoas, o vírus não causa grandes problemas. Entretanto, algumas manifestam verrugas incômodas, que podem sumir depois de um tempo ou se tornar recorrentes. O mais preocupante é o efeito do HPV em uma pequena parcela das mulheres, nas quais a infecção gera lesões precursoras que evoluem para um câncer do colo do útero. 

Como a transmissão se dá pelo contato físico, em especial durante relações sexuais, o uso da camisinha e um menor número de parceiros sexuais diminuem as chances de ser infectado (a). Mas a prevenção já pode começar antes mesmo disso. 

Existem vacinas com efeito comprovado contra as versões 6, 11, 16 e 18 do papilomavírus. São duas formas de imunização: uma focada nos dois tipos que estão mais relacionados ao câncer do colo do útero e outra protegendo também contra os vírus causadores das verrugas genitais. Estima-se que mulheres que tomaram a vacina têm uma redução de 70% na probabilidade de desenvolver câncer em decorrência do HPV. 

O ideal é que essa vacina seja aplicada entre os 11 e 13 anos, antes do início da vida sexual, uma vez que ela não tem efeito terapêutico (ou seja, não cura sintomas que já tenham se manifestado, nem impede infecções causadas pelo vírus uma vez que ele já esteja presente no organismo). Além disso, recomenda-se a realização de exames preventivos regulares para as mulheres, mesmo vacinadas, como forma de identificar possíveis lesões pré-cancerígenas. 

Traga seus filhos para tomar a vacina contra o HPV na IMOVAC! Temos uma equipe de especialistas em imunologia para garantir saúde e qualidade de vida para toda a sua família. 

Marque uma consulta! 

Agendar Atendimento

https://portal.fiocruz.br/noticia/prevencao-e-tratamento-do-hpv 

http://www.iff.fiocruz.br/index.php/8-noticias/58-hpv 

https://www.inca.gov.br/perguntas-frequentes/para-que-servem-vacinas-contra-o-hpv

Contato
Fale Conosco