Pular para o conteúdo principal

Sarampo

O sarampo é uma doença infecciosa, grave e contagiosa, que pode ser transmitida pelos simples atos de falar, tossir, espirrar e até mesmo respirar. De acordo com o Ministério da Saúde, não existe um tratamento específico para o sarampo e a recuperação para casos sem complicação é feita com hidratação e suporte nutricional.

Por isso, a vacina contra o sarampo é de extrema importância para que essa grave doença seja evitada. A primeira vacina deve ser aplicada aos 12 meses de vida com reforço quando a criança chegar aos 15 meses com a tetraviral, que também é composta por imunização contra rubéola, caxumba e varicela.

Na fase adulta, até 29 anos, recomenda-se tomar duas doses e depois mais uma entre 30 e 59 anos. É normal não saber ou não se lembrar de quantas doses da vacina já foram tomadas. Nesse caso, a recomendação é se vacinar, o que pode evitar o sarampo em 98% das vezes.

Ao tomar a vacina contra o sarampo, não é necessário se imunizar novamente, já que não existe prazo de validade.

Os principais sintomas do sarampo são tosse, conjuntivite, febre alta e manchas vermelhas espalhadas pelo corpo. Portanto, se atente para os sinais que seu corpo manda e procure um hospital ao perceber qualquer alteração estranha.

Mas atenção: se você já teve sarampo, não precisa se vacinar novamente, pois o seu organismo já possui os anticorpos necessários contra a doença. Por outro lado, em períodos de surto de sarampo como o que temos agora, você pode se vacinar novamente sem problema algum para o seu organismo.

Fonte: https://saude.estadao.com.br/noticias/geral,veja-perguntas-e-respostas-sobre-o-sarampo,70002387522

Contato
Fale Conosco