Pular para o conteúdo principal

Vacinação na gravidez: tudo que você precisa saber.

Você sabia que na gravidez é necessário tomar algumas vacinas? Isso se dá, pois algumas doenças podem ser transmitidas da mãe para o feto durante a gestação, como infecções virais e bacterianas. E algumas, como a rubéola, podem acabar gerando uma má-formação do feto ou levando a graves riscos.

No entanto, é preciso ficar atenta, pois nem todas as vacinas podem ser tomadas no período gestacional, já que algumas podem trazer riscos para o bebê.

Confira neste artigo quais vacinas você pode ou não tomar na gravidez:

Vacinas recomendadas na gravidez

  • Tríplice bacteriana

Como o nome já diz, essa vacina imuniza contra três tipos de bactérias que podem oferecer sérios riscos ao feto. Uma delas é a que causa a coqueluche. Essa vacina protege também contra o tétano.

  • Influenza (gripe)

Apesar de parecer uma doença muito simples, a gripe pode acabar evoluindo para uma doença mais grave, como, por exemplo, a pneumonia. A vacina é aplicada em dose única e pode ser aplicada em qualquer momento da gestação ou até mesmo logo após o parto.

Uma grande vantagem dessa vacina é que a imunização passa para o feto, evitando que ele contraia gripe nos primeiros meses de vida. 

A única contraindicação é para quem possui alergia a ovo, estes não devem tomar essa vacina.

  • Hepatite B

Essa é uma das vacinas mais importantes para a gestação, já que a hepatite B provoca uma inflamação no fígado e pode acabar aumentando o risco de partos prematuros. 

Caso a mulher já tenha tomado alguma das doses desta vacina, antes da gravidez, é necessário apenas tomar as doses complementares.

Vacinas indicadas em casos especiais 

  • hepatite A;
  • pneumocócicas;
  • meningocócica conjugada ACWY e meningocócica B.

Vacinas que não devem ser tomadas

  • Febre amarela: essa vacina traz riscos ao feto, porém deve-se levar em conta os malefícios e benefícios, pois existem regiões endêmicas;
  • HPV e Catapora: elas podem ser aplicadas no puerpério e na amamentação. O ideal é que seja somente em último caso, já que essas vacinas devem ser tomadas na adolescência;
  • Tríplice viral: também pode ser aplicada no puerpério e na amamentação, embora traga muitos benefícios ao feto.

Conheça a IMOVAC

A IMOVAC é uma clínica especializada em vacinas e imunologia. Entre em contato com nossa equipe de atendimento para mais informações ou para agendar um horário.

Fonte
https://blog.amorsaude.com.br/vacinas-na-gravidez/

Contato
Fale Conosco