Pular para o conteúdo principal

Vacinas de RNA: entenda a tecnologia que vem revolucionando a saúde

Você já ouviu falar das vacinas de RNA mensageiro?

Elas são um novo tipo de imunizante em estudo para proteger pessoas de doenças infecciosas. Assim como as vacinas comuns, o objetivo do RNA mensageiro é criar anticorpos contra um vírus que ameaça a nossa saúde. Mas, ao invés de inserir o vírus atenuado ou inativo no organismo de uma pessoa, esse novo imunizante ensina as células a sintetizarem uma proteína que estimula a resposta imunológica do corpo.

Na prática, a vacina de RNA mensageiro simula o processo que ocorre no corpo de uma pessoa que realmente contraiu aquela doença, mas de uma maneira que não possibilita a infecção de quem está sendo vacinado - apenas educando o organismo sobre como responder àquele invasor; e seu principal benefício é a imunização da população, a fim de evitar infecções de alto risco - assim como todas as outras vacinas. No entanto, esse novo modelo também se destaca por outros motivos:

Elas são fabricadas de forma sintética rapidamente, usando apenas o código genético do agente infeccioso, o que também permite que a sequência de RNA da vacina possa ser alterada rapidamente para poder agir contra variantes que eventualmente não tenham sido atingidas pela vacina em uso;

O RNA mensageiro pode ser produzido em laboratório, utilizando materiais mais acessíveis. Por isso, o processo pode ser padronizado e a produção pode ser feita em grande escala, o que permite respostas rápidas a grandes surtos e epidemias;

Algumas vacinas de RNA mensageiro (RNAm)  já estão sendo testadas em estudos clínicos e têm demonstrado uma resposta imunológica confiável. Os dados demonstraram também que a vacina é bem tolerada nas diferentes populações estudadas, sem nenhuma preocupação séria de segurança observada.

Pesquisadores estão estudando e trabalhando com elas por décadas. Estudos clínicos já foram realizados na tentativa de criar um imunizante para gripes, zika vírus, raiva e citomegalovírus. Pesquisas relacionadas ao câncer usaram o RNAm para acionar o sistema imunológico a fim de atingir células cancerosas específicas.

Atualmente, o foco das pesquisas é a busca por novas vacinas contra a COVID-19. Com as informações necessárias sobre o novo coronavírus, cientistas desenharam as instruções para que células produzam a proteína spike para se transformarem em uma vacina de RNAm.
Qualquer dúvida, entre em contato conosco.

Agendar Atendimento

https://www.pfizer.com.br/noticias/ultimas-noticias%20/vacina-de-rna-mensageiro

Contato
Fale Conosco