Pular para o conteúdo principal
O que é a Vacina contra Gripe?

A vacina contra a gripe protege contra os vírus da Gripe (Influenza). Como os mesmos sofrem mutação rapidamente, todo ano é desenvolvida uma nova vacina. A vacina distribuída na rede pública contém 3 dos vírus da gripe – é trivalente - e a vacina de clínicas particulares como a Imovac contem 4 vírus – é a vacina tetravalente (ou quadrivalente).

Quais doenças ela previne?

Gripe / Influenza.

Como é aplicada?

Intramuscular.

Onde pode ser encontrada?

Ela pode ser encontrada na Imovac (tetravalente ou quadrivalente), com atendimento domiciliar, nas clínicas privadas de vacinação (tetravalente ou quadrivalente) e nas Unidades Básicas de Saúde (trivalente).

Indicação:

Todas as pessoas a partir dos 6 meses.

Contraindicações da Vacina da Gripe:

Pessoas que apresentaram alergia grave (anafilaxia) a algum componente da vacina ou apresentaram reação grave a dose anterior da vacina da gripe.

Possíveis Reações:

Reações muito comuns: dor, vermelhidão e inchaço no local da injeção, dor muscular, mal estar, cansaço, perda de apetite, irritabilidade, agitação, sonolência.

Reações comuns: tontura, náusea, vômito, diarreia, dor abdominal, dor nas articulações, suor excessivo.

Reações incomuns: hematoma e coceira no local da injeção, erupção cutânea semelhante a urticária.

Reações raras: aumento ou surgimento de gânglios próximo ao local de aplicação da vacina (linfadenopatia), reações alérgicas (incluindo reações anafiláticas), paralisia, inflamação do cérebro, síndrome de Guillain-Barré – caracterizada por fraqueza muscular de aparecimento súbito causada pelo ataque do sistema imunitário ao sistema nervoso periférico. Os sintomas iniciais são geralmente dor ou alterações de sensibilidade e fraqueza muscular com início nas mãos e nos pés.

Cuidados antes, durante e após a aplicação da Vacina contra Gripe:

Febre: Recomenda-se adiar a vacinação da gripe em caso de doença febril até a melhora completa.  

Síndrome de Guillain-Barré: Nos casos de Síndrome de Guillain-Barré (SGB): até seis semanas após a dose anterior da vacina, é sugerida uma criteriosa avaliação médica antes de aplicar nova dose. **

Tem alergia a ovo de galinha?: Quem é alérgico a ovo de galinha, com sinais de anafilaxia, deve se vacinar em espaços com condições de atendimento em caso de reação anafilática. É recomendado que essa pessoa fique em observação por pelo menos meia hora.

Ocorrências: Ao apresentar ocorrências graves ou inesperadas depois da aplicação, o serviço.

Quantas doses tomar?

Crianças de 6 meses a 9 anos de idade devem receber duas doses na primeira vez em que forem vacinadas com intervalo de um mês. A revacinação deve ser anual.

Crianças maiores de 9 anos de idade, adolescentes, adultos e idosos devem receber dose única anual.

Crianças menores de 3 anos, dependendo da bula do fabricante, a dose pode variar de 0,25ml ou 0,5ml por dose.

Tem alergia? Veja do que a Vacina contra Gripe é feita:

A vacina é inativada - a fabricação da vacina é feita com vírus morto – sendo assim, a vacina não pode causar a doença.

A vacina contra a gripe é composta por proteínas de diferentes cepas do vírus Influenza - elas são definidas ano a ano sob orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS). Essas cepas são cultivadas em ovos de galinha, portanto, contém traços de proteínas do ovo.

A vacina trivalente contém duas cepas do vírus A e uma cepa de vírus B. A vacina quadrivalente ou tetravalente possui duas cepas de vírus A e duas cepas de vírus B.

 Quando a apresentação é monodose, ou seja, em seringas prontas com doses individuais, a vacina não contém conservantes. Este é o tipo de vacina usada na Imovac. Já a apresentação multidose, ou seja, em frascos com várias doses onde o aplicador da vacina retira a dose a ser aplicada no indivíduo, como acontece com outras vacinas, contém timerosal (derivado do mercúrio) como conservante.

 Podem conter traços de formaldeído e antibióticos (geralmente gentamicina ou neomicina), utilizados durante a fabricação para prevenir contaminação por germes. Também contém cloreto de sódio e água para injeção.

* A rede pública disponibiliza a vacina trivalente para o público que engloba indivíduos com 55 anos ou mais; crianças de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da saúde; professores de escolas públicas e privadas; povos indígenas; pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; forças de segurança e salvamento; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas; população privada de liberdade; e funcionários do sistema prisional.

** A rede privada disponibiliza as vacinas trivalente e quadrivalente (ou tetravalente) para pessoas a partir de 6 meses de idade.

*** Sabe-se que a Síndrome de Guillain-Barré (SGB) pode ocorrer por mais de um motivo, mas em raras ocasiões seu surgimento coincidiu com a aplicação de uma vacina – nesses casos, surgiu entre um dia e seis semanas após a vacinação. Com exceção de uma vacina específica para gripe suína de 1976, todos os demais estudos que buscaram relação de causa entre vacinas influenza e SGB obtiveram resultados contraditórios, alguns encontrando essa relação e outros não. Até hoje não se sabe se a vacina influenza pode de fato aumentar o risco de recorrência da SGB em indivíduos que já a tiveram. Também é importante saber que alguns vírus podem desencadear essa síndrome.

Contato
Fale Conosco